sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Chocoólicos não temem dor para conseguirem o que querem

Estudo publicado no «BMC Neuroscience»

Um estudo publicado no «BMC Neuroscience» mostrou que ratos com ânsia de comer chocolate conseguem tolerar choques eléctricos para se corrigirem ou até satisfazerem a sua necessidade.

Rossella Ventura, em conjunto com uma equipa do Santa Lucia Foundation, em Roma (Itália), estudou a relação existente entre o stresse e a necessidade compulsiva de procurar comida. “Usamos um novo modelo de análise de comportamentos compulsivos para testar se uma experiência stressante relacionada com comida pode ser substituída por uma resposta condicionada, para evitar um certo tipo de alimentos – neste caso, o chocolate".


Para a experiência, a investigadora treinou ratos bem alimentados e outros famintos para procurarem chocolate num compartimento, em vez de os dirigir para uma divisão vazia. O compartimento que albergava o chocolate estava 'minado' com um sistema de choques eléctricos.

Os animais bem alimentados evitaram a doce tentação; no entanto, os outros ainda famintos, antes de se poderem alimentar, no regresso, tiveram de resistir às consequências dolorosas, para poderem continuar à procura de chocolate. Segundo os investigadores, este é um índice de comportamento compulsivo e afirmam que corresponde à necessidade compulsiva, com consequências negativas em seres humanos.

Fonte: Ciencia Hoje