segunda-feira, 19 de agosto de 2013

GANHOU BOLOR. PODE APROVEITAR-SE?


Quantas vezes se deparou com bolor (coloração azulada, esverdeada ou esbranquiçada) no queijo, no pão, na fruta, nos doces, nos produtos enlatados (que nem sempre são consumidos de imediato)...
E quantas vezes cortou a parte com bolor e comeu o resto?
Nos dias que correm, aproveitar é a palavra de ordem, mas a resposta à nossa pergunta -
PODE APROVEITAR-SE? -
A resposta é NÃO!

O bolor é um fungo composto por 3 partes:
os esporos (parte visível), os galhos e as raízes. Estes últimos não se vêem e podem ter-se aprofundado no alimento, podendo causar reacções alérgicas e respiratórias, diarreias e até contribuir para o desenvolvimento de situações mais graves, como o cancro.
É certo que, nalguns casos a ingestão pode ser inofensiva, mas, na dúvida, evite o consumo.

Há também fungos benéficos para a saúde (como os dos queijos Gorgonzola e Roquefort), mas isso é outra história